Algumas pessoas utilizam uma lapiseira somente na escola, e depois esquecem que elas existem. A maioria das pessoas usa canetas para o dia a dia. Mas muitos profissionais e estudantes gostam do feeling de escrever com grafite, e do fato que você pode apagar o que escreve. Artistas, ou pessoas que trabalham com design, nas mais variadas formas, também são usuários assíduos de lapiseiras. Pensando nestes usuários criamos este guia das melhores lapiseiras disponíveis no mercado hoje.

1. Lapiseira Pentel GraphGear 500

VER O PREÇO

Algumas lapiseiras de plástico têm boa qualidade, mas nada como sentir o peso de uma lapiseira de metal sólido na sua mão. Se você quer uma lapiseira de qualidade, com o peso do metal, que vai durar décadas, a GraphGear 500 é a sua melhor escolha. Este modelo da Pentel é a escolha preferida de arquitetos, engenheiros e outros profissionais e estudantes de áreas onde o desenho e a escrita fazem parte do dia a dia. O punho metálico da linha GraphGear 500 é um dos mais bonitos e úteis entre todas as lapiseiras. Esta lapiseira escorrega muito menos da mão do que os modelos plásticos mais baratos.

Eu utilizei uma GraphGear 500 0.9mm durante toda a faculdade de engenharia, e tenho a lapiseira até hoje, 10 anos depois de comprar. O único desgaste dela é a borrachinha que vem atrás, no fechamento do tubo de grafite, que ficou velha. E o punho de metal dela ficou com uma cor mais amarelada, depois de 10 anos de uso. Mas ela continua 100% funcional.

2. Pentel GraphGear 1000

VER O PREÇO

Se você quiser uma opção realmente premium, a GraphGear 1000 é uma versão mais sofisticada da Pentel. Se você sente afinidade com o peso de uma lapiseira metálica, e utiliza lapiseira no seu dia a dia, a GraphGear 1000 da Pentel é o melhor investimento. Sim, esta lapiseira é um pouco cara, mas ela vai durar 20 anos.

Diferente de outros modelos da linha GraphGear, a 1000 tem uma ponta retrátil, que é recolhida quando você clica em cima, fazendo um click agradável de ouvir. Outra função que adoramos nesta lapiseira é a capacidade de armazenar múltiplos tipos de grafite (2B, B, HB e afins). Você pode selecionar qual grafite quer usar, rotacionando um seletor na lapiseira.

3. Lapiseira Uni Kurutoga

VER O PREÇO

Se você quiser uma lapiseira sólida, de qualidade, e que esteja sempre apontada, a Uni Kuru Toga é uma ótima opção. Esta lapiseira é a que mais nos agradou depois das Pentel GraphGear.

A Uni Kuru Toga tem uma arma secreta que nenhuma outra lapiseira no mercado tem. Toda vez que você levanta esta lapiseira do papel, ela rotaciona o grafite, usando um sistema de engrenagens internas. Deste modo, o grafite está sempre apontado, nunca ficando com uma ponta mais fina do que a outra. O resultado é uma escrita mais bem definida, precisa e consistente.

Em termos de comforto da pegada, a Uni Kuru Toga não perde para as GraphGear da Pentel – as duas opções são bastante parecidas, sendo ambas bem comfortáveis.

 

4. Pentel Sharp P200

VER O PREÇO

Se você quiser uma lapiseira simples e resistente, que vai durar anos, e não quer pagar muito, a pentel Sharp (talvez você teve uma dessas na época da escola) é a sua melhor opção. Com tamanho de grafite de 0.3mm até 0.9mm, a Sharp tem o tamanho que você precisar. O modelo desta lapiseira não mudou desde que ela foi inaugurada, nos anos 70, e ela desde então construiu uma legião de fãs, que gostam da durabilidade e qualidade desta lapiseira clássica da Pentel.

A P200 é uma lapiseira bem minimalista. Com um corpo mais esbelto que outras opções mais sofisticadas, ela tem relevos horizontais na posição da pegada. Ela tem ponteira de agulha metálica e um clip de bolso removível (se você se incomoda com o clip, pode tirar).

A fama da Pentel Sharp está na sua qualidade de construção e longevidade. Ela é a lapiseira padrão para quem quer qualidade por um preço baixo. Ela é chamada de lapiseira para desenho pela empresa, por ter uma ponteira mais longa, o que funciona bem com réguas ou escalímetros.

5. Pentel Sharp Kerry

VER O PREÇO

Uma das lapiseiras mais bonitas do Mercado, a Sharp Kerry tem uma etiqueta de preço um pouco salgada para uma lapiseira. Mas se você quiser uma lapiseira elegante, com formato de caneta (ela lembra uma Mont Blanc), e não se importar de pagar por isto, esta é a melhor opção para você.

A Sharp Kerry tem um ótimo histórico produzindo produtos de qualidade, e esta lapiseira não é diferente. Esta lapiseira pesa na mão, e tem uma escrita de qualidade. Ela vem com uma tampa, igual as canetas.

Escolhendo grafite para a sua lapiseira

Apesar deste guia focar nas lapiseiras, escolher o grafite certo é tão importante quanto. Acertar no grafite vai determinar a qualidade da sua escrita. Existe um espectro de grafites, sendo os mais famosos o HB e 2B. O HB neste caso é o mais duro.

Além da dureza, você precisa escolhar a espessura do grafite que quer usar. A lapiseira mais padrão é a 0.5mm, porém, quem não está acostumado ou tem a mão mais pesada, acaba quebrando este grafite com mais frequência. O 0.7mm costuma ser a preferência nestes casos. Se você desenha, considere o 0.9mm também – é uma linha mais grossa, mas ótima para desenho. E serve para escrita também.

Nem todos os grafites são iguais. Um grafite de baixa qualdiade quebra mais fácil do que um de maio qualidade, fazendo com que você tenha uma experiência de escrita ruim (toda hora ter que clicar para empurrar mais grafite não é legal).